27 de dez de 2010


Por que dedicar-se não mata, nem dói
acreditar não nos faz menos inteligentes,
e esperar não nos destrói,
mas tudo isso cansa.
Eu me dediquei, esperei, acreditei,
mas cansei.

Então, quero o meu caminho livre

para plantar novas flores a sua beira, tirar-lhe algumas pedras
e me embrenhar por atalhos que desconheço.



5 comentários:

  1. Que no ano vindouro seja possível todos os caminhos...
    Abçs*

    ResponderExcluir
  2. Obrigado amigo pelo selo.
    Te desejo uma ótima semana.

    abraços

    ResponderExcluir
  3. Carlos, precisamos realmente fazer isto todo ano, essa limpeza de nosso caminho.

    Feliz 2011.

    ResponderExcluir
  4. Lindo! Aproveito pra desejar um feliz ano novo pra ti!

    Gde beijo!

    ResponderExcluir
  5. Nessa época do ano as pessoas fazem muitas promessas a si mesmas, quando chega meados de janeiro, sofrem por uma crise de amnésia e voltam a cometer os mesmos erros, as vezes até piores erros. Que vc consiga mesmo trilhar esse novo caminho e não seja apenas uma das milhares, zilhares promessas feitas ao vento que as pessoas fazem nesse período. Um 2011 de determinação pra vc.

    ResponderExcluir