4 de dez de 2010

“II y a toujours quelque choe d’abient qui me tourmente”

"Existe sempre alguma coisa ausente que me atormenta"

Camilie Claudel

2 comentários:

  1. Esses dias escrevi sobre Camille Claudel, louca e apaixonada...
    Bj*

    ResponderExcluir
  2. preciso conhecer um pouco mais dela
    rs
    abrçs

    ResponderExcluir