24 de fev de 2010

Credo

"Dou esmola a bêbado, me benzo na porta de igreja, me emociono com beijo de novela e morro de inveja das coxas da Madonna. Acredito em fidelidade conjugal, tesão sem prazo de validade e milagre de santo expedito. Que dinheiro não traz felicidade, o importante é competir, o fracasso é pedagógico, beleza não põe a mesa, dias melhores virão e o que passou passou. Tem pílula que emagrece dormindo, creme que tira ruga na primeira passada, arte e democracia emanam do povo e em seu nome são exercidas. Muito em breve não haverá mais um só analfabeto em todo o território nacional, uma só menina vendendo o corpo pra comprar cocada, um só recém nascido morto em berçário ou casebre, um único velho maltratado em asilo público, um único jovem sem oficio, baile e salário e a tortura nas delegacias será coisa dos anais da história, acredito no fim da miséria, da arrogância e do desprezo. Que fechando os olhos a dor passa, o telefone toca e o amor chega . E todos os homens que batem em muher serão ridicularizados em público e terão seus nomes publicados em dossiês municipais e até bairro a bairro, em caso de megametrópole. Acredito no que me ensinaram a acreditar e no que me desensinaram. No que foi prometido e no que não foi. No que se cumpriu e no que ficou na intenção ou nem isso. Acredito no que quero, quando quero e só se quero. Porque cínica ou crédula no meu coração mando eu. E mais do que tudo acredito no que me ensinou o maestro Mignone no primeiro dia de aula de canto orfeônico: se a gente canta o hino nacional com a mão no coração, a pátria mãe será sempre gentil e jamais nos deixará ao desamparo."

Consuelo de Castro

23 de fev de 2010

Sejamos um pouco mais ridículos... e românticos.

"Todas as cartas de amor são
Ridículas.
Não seriam cartas de amor se não fossem
Ridículas.

Também escrevi em meu tempo cartas de amor,
Como as outras,
Ridículas.

As cartas de amor, se há amor,
Têm de ser
Ridículas.

..."

(Álvaro de Campos - Fernando Pessoa)

E se o mundo fosse um pouco mais ridículo. Repleto de pessoas ditas "ridículas", talvez não existirão tantas coisas ridículas para se ver e ouvir, afinal todos estariam preocupados apenas em escrever cartas de amor, ridículas.

22 de fev de 2010

"Queira ou não queira terminou o carnaval..."

A magia teve su fim ou melhor seu recesso,pois logo logo os tamborins já serão ouvidos e cuícas chorarão novamente anunciando mai um carnaval.

Foram dias de alegria, beleza e emoção; período em que o dia foi trocado pela noite e a festa brasileira por excelência desceu os morros, deixou os subúrbios e tomou as ruas e os sambódromos das cidades.
Quem acompanhou viu a Unidos da Tijuca arrebatar a avenida e sagrar-se a grande campeã e não é mais segredo que a genialidade de Paulo Barros enfim foi reconhecida; viu a Vila Isabel e a Magueira fazerem grandes e belos desfiles novamente, assim como Mocidade Independente que voltou a se aproximar da grande escola da década de 90 e também pode ver a Grande Rio emocionar ao relembrar antigos carnavais e a União da Ilha mostrar novamente no grupo especial não só a
sua força como o talento e a competência da inigualável Rosa Magalhães.

E em Sampa? Vimos a garra da comunidade de Heliópolis na Imperador do Ipiranga, relembramos nossos mestres com a Mancha, sentimos o doce cheiro do chocolate em forma de Rosas de Ouro e deliramos com a Saracura em seus oitenta anos, também nos arrepiamos ao ver o reflexo da beleza no espelho da Mocidade, ou ao ver a força do Gavião no centenário daquele que é o motivo de sua existência e ainda relembramos o quanto é bom ser brasileiro no desfile da Pérola Negra.

Foi bom enquanto durou, infelizmente minha Mocidade Alegre não levou o troféu de Campeã apesar de ter sido a grande vencedora, pois fez aquele que pode ser considerado o melhor e mais emocionante desfile deste ano e também o Império Serrano não subiu, mas tudo bem, em 2011 tudo pode mudar. E que sabe enfim um resultado mais justo venha também.

12 de fev de 2010

Chegou!



Chegou a hora! Agora é soltar a grito, abrir o sorriso e se divertir muito.
É Carnaval, graças a Deus! E com moderação vale tudo. Até vestir a máscara e tirar a roupa (risos).


Força Império Serrano! Avante minha Mocidade Alegre!
Bom Carnaval a todos!

9 de fev de 2010

Tá chegando...


O carnaval já pede passagem e felizmente falta pouco pra folia começar de verdade, pois o clima de carnaval já está no ar desde o começo do ano.

Sinceramente este é o feriado que mais gosto e pelo o qual mais espero, e trocaria facilmente qualquer um dos outros tantos feriados que existem em nosso calendário pelos quatro dias de folia, que na verdade dura bem mais, pois ainda entra na conta a sexta e o sábado das campeãs. E isso sem contar os ensaios técnicos, festas e ensaios de quadra, que começam uns dois meses após de fim do carnaval e se intensificam entre o fim de um ano e o começo de outro.

Aprendi que para a maioria daquelas pessoas, que estão envolvidas praticamente o ano inteiro com o carnaval, esses dias de folia são mágicos e o que as move é o amor, amor por uma escola de samba, pelo o seu pavilhão, ou simplesmente pelo carnaval. Aprendi também que com exceção de algumas belezas da natureza talvez não haja nada mais belo e emocionante que ver a quadra da minha escola, Mocidade Alegre, repleta de foliões e todos cantando em uma só voz, numa corrente de união e alegria; e que um dos momentos mais angustiantes da vida são os minutos que antecedem a entrada da Mocidade na avenida e quando ela passa fico em estado de graça, quase que em transe em momentos sublimes de euforia e alegria.

Pois bem agora só nos resta esperar pelo o que virá esse ano e tenho certeza de que virá muita beleza, emoção e alegria nos próximos dias.


1 de fev de 2010

"Multipliquei-me para me sentir,
Para me sentir, precisei sentir tudo,
Transbordei, não fiz senão extravasar-me,
Despi-me entreguei-me,
E há em cada canto da minha alma um altar a um deus diferente."

Álvaro de Campos (Fernando Pessoa)

As palavras falam por si, Pessoa sabe o que é escrever belissimamente.

BEYONCÉ


Beyoncé é Diva! Alguém dúvida? Depois dos seis Grammys, acredito que não!

Ela é a musa, a estrela e a grande artista desta década e acredito que da próxima que virá e quem sabe da próxima. E passa a fazer parte do seleto grupo onde se encontram Marilyn Monroe e Madonna. A única diferença talvez é que ao contrário destas duas Grandes divas e de outras tantas que sonharam chegar lá, Beyoncé construiu uma carreira sólida, sem se envolver em polêmicas ou grandes escândalos. E tem uma voz que valha-me Deus. O corpo então nem se fala...

Essa semana ela chega por aqui, e depois de tantos Grammys o show tá prometendo 10 vezes mais. Vai ser demais, é claro que se eu fosse seria ainda melhor, mas paciência que sabe até sexta-feira não cai uns ingressinhos do céu.