15 de mai de 2011

Porque eu tô voltando...

e trago saudades na bagagem...

Depois de longos e conturbados dias, eis que a poeira começa a assentar e o caminho começa a ficar claro de novo. Não sei se posso falar em ordem, porque sou daqueles sempre fora de ordem, mas pelo menos aos coisas estão voltando ao seu desarranjo costumeiro. 

Se toda volta implica uma partida ou ausência, como é o caso, ela também implica saudades, e quantas eu guardei por esse curto espaço de tempo, às vezes, as quatro da tarde de uma quarta atribulada me batia uma vontade de poesias conhecidas e palavras mágicas que tantas vezes encontro por aqui, mas não havia tempo. Felizmente, essa semana já comecei a matar essas saudades (não digo recuperar o tempo perdido porque ele está muito precioso pra que eu o perca à toa!). 

E, também a ter tempo de respirar...

Não sei por quê, mas nos últimos anos os meus meses de maio têm guardados intensas surpresas, são muitas coisas, e notícias muito boas e muito más também, tudo junto e ao mesmo tempo. Às vezes se torna difícil  me manter no eixo, mas até agora, nada me desviou dele. Esses dias cheguei a pensar se não seria uma possível conjunção astral - mas não, lembrei que o signo de touro rege boa parte desse mês, imagina sempre adorei os taurinos, tenho e sempre tive grandes amigos e pessoas muito importantes e ( e que foram de alguma forma) especiais regidas pelo Touro zodiacal. Logo a hipótese sumiu entre tantos outros pensamentos. 

Não sei, talvez não haja explicação e tudo seja apenas uma coincidência. Mais um desses Mistérios difíceis de responder!

Mas, o importante é que eu Voltei! (e espero que seja pra ficar!)

2 comentários:

  1. Adorei o texto, da primeira a ultima linha.

    Eh, a gente se afasta, mas tudo aquilo que realmente importa nos faz voltar.

    Maio eh para mim um mês especial, gosto do azul do céu nessa época e do cheiro de renovacao que sinto e eu nunca soube a explicação para isso.

    Continue, fique! Você eh sempre bem-vindo!

    Um abraço,

    Suzana/LILY

    ResponderExcluir
  2. Oi Carlos, tudo bem?
    Menino, sei muito bem como é isso. Fiquei um tempo meio afastado do blog e senti um falta enorme e voltei com tudo, rsrs.
    Então, sempre esse ombro amigo é importante, mas tbm é importante vc ter um tempo só com vc, acho q é mais pra vc cair em si, se organizar e tal, mas logo depois a gente precisa sim de alguém, de pessoas queridas do nosso lado e nos ajudar a superar tal fase.
    Bjo menino

    ResponderExcluir