30 de mai de 2011

Espera

Guarde as flores entre as folhas de Sophia ou de Florbela, 
pois, quando eu chegar já não existirá vivacidade em suas pétalas, 
mas haverá o resquício de que vivestes a primavera. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário