24 de abr de 2011

Meio-amargo

A poeira assentou, eu pude então respirar profundamente, acender um incenso e meditar. Deu pra ouvir dignamente o CD da Bethânia e o novo da Tiê, e o do Pethit que há muito já não é novo, mas deu pra cantarolar todas as músicas com mais calma. Mas encontrando sossego e um pouco de calmaria que um feriado bem prolongado traz, me deparei com fantasmas e ausências que o dia-a-dia nos faz pensar superados. 

Mentira, eles continuam aqui. São como os papéis velhos que guardo na mesa, ou no criado-mudo. Mas estes, uma hora ou outra, jogo noventa e sete por cento fora, os outros três por cento eram importantes e então guardo-os. Aqueles também, uma hora ou outra diminuem, consideravelmente. Mas também sobram os três virgula setenta e cinco por cento que ficaram por muito tempo. 

Mas eu já fazia dessa(s) história(s) motivo de piada pro amigos, exemplo de que quando eu quero eu consigo, eu quis esquecer, superar, seguir em frente. E segui, mas aí numa tarde qualquer de um feriado prologado vendo o sol se pôr depois de um filme meio fofo, meio cult, eu me pego questionando a mim mesmo, a minha consciência, ou, sei lá as forças do universo: e se tivesse sido diferente? e se você tivesse agido diferente? e se eu tivesse agido diferente? onde estaríamos agora???

Talvez no mesmo lugar de hoje, você não sei nem onde nem com quem, e, eu apesar de muito feliz com tudo o que vem acontecendo desde que superei os nossos desencontros e abdicações, aqui curtindo a minha calmaria e solidão sob um sol de outono que mas parece de verão...

P.S.: os próximos dias estão novamente cheios e atribulados, felizmente. Dificilmente fantasmas do passado assombrarão meus dias, pois, não terei tempo para vê-los. E no próximo feriado prolongado, quem sabe, não haja mais espaços para solidão!?

2 comentários:

  1. Carlos

    Muitas vezes também me deparo na mesma situação. É incrivel nosso poder de questionar e imaginar se fosse diferente............
    Também adoro acender um insenso e colocar um bom cd.

    Abs, vê se não some.

    ResponderExcluir
  2. Oi Carlos, tudo bem?
    Menino, amo Bethânia, acho-a perfeita, rsrs.
    Só tiraria o incenso, kkkkkkkkk
    Ai menino, q bom q gostou e realmente, se vc ñ se respeitar, como quer ser respeitado?
    Bjo menino

    ResponderExcluir