6 de jul de 2010

As músicas não envelhecem jamais

Lá pelos anos de 2005/2006 estava eu ouvindo Vanessa da Mata que naquela época não era tão conhecida como é atualmente, mas eu desde a primeira vez que ouvi me apaixonei. Entre tantas músicas que eu adorava tinha duas que eram especiais, Música e Eu quero enfeitar você, confesso que ouvi até enjoar. Esse tempinho de quatro/cinco se passou, e numa bela e fria tarde de sábado, matando tempo na net, para fugir de um trabalho muito chato que tinha que terminar, me lembro dos seguintes versos: “eu só quero um cafuné, um cobertor de orelha fixo”, levou um tempo até eu ligar a lembrança à música, mas logo lembrei, e claro que nessa horas o Google ajuda. Coloquei pra tocar essa música, e só então eu a entendi perfeitamente, ela de alguma forma traduzia o que eu queria gritar naquele momento. Desde então estou (re)ouvindo essa canção várias vezes... e cada vez achando-a mais bela e começando a compreender o que ouvi a Simone dizer uma vez: “as músicas não envelhecem jamais”, elas apenas passam por nossas vidas e de repente voltam em um determinado momento fazendo muito mais sentido.


Eu quero Enfeitar Você - Vanessa da Mata

(Composição: Liminha e Vanessa da Mata)


Eu não quero este poder
Toma ele pra você
Eu só quero cantar, gozar e
Gastar da vida

Eu só quero um cafuné
Um cobertor de orelha fixo
Neste inverno tão rígido
Fingir que acredito em você

Eu quero enfeitar você

Eu só quero me perder
Eu não quero este poder
Chamar o sapo de príncipe
Comer você de manhã

E quando tudo parecer
Que está quase perdido
Que foi quase esquecido
Que não é mais minha maçã
Eu quero enfeitar você








Um comentário:

  1. Carlos, tudo bem?
    Menino, Vanessa é maravilhosa, adoro ela, tem cada música belíssima, uma voz incrível, sem comentários maiores, rs
    E Bethânia é outra, adoro ela, o cd q lhe falei em especial, achei o mais perfeito de todos, rs
    Ah, vota em mim no Top Blog, é só clicar no selo q está do lado esquerdo do meu blog. Agora se vc quiser fazer propaganda, fique a vontade por favor. Brigadão.
    Abraços

    ResponderExcluir