20 de ago de 2012

"Que o digam os campos de concentração e as torturas! Provavelmente, de todos os nossos sentimentos, o único que de fato é nosso é a esperança. A esperança pertence à vida, é a própria vida se defendendo." 


Júlio Cortázar - O jogo da amarelinha

Nenhum comentário:

Postar um comentário