13 de mar de 2011

Um pouco de tudo...



As minhas piores dores foram provocadas por minhas próprias ações, ninguém nunca teve o poder de me machucar mais do que eu mesmo. 

Porque somos cruéis, se animais irracionais tem instinto de sobrevivência, os racionais, nós, temos instinto de crueldade. E, é difícil sabermos domá-lo.

Mas leveza, calmaria, chá-verde ao entardecer, casa vazia, chuva na terra ajudam... 

*

I had so many dreams, I had so many breakthroughs
But you, my love, were kind, but love has left you dreamless

 *

As esperanças frustadas, as espectativas malogradas, os sonhos que não se cumpriram, eis do que é constituida a vida, a sua, a minha, as nossas. Mas do alto da minha petulância eu sigo esperando, acreditando, sonhando... e se o que eu espero não chegar essa minha fé louca terá tornado o caminho menos duro. 

Queria tocar sua face, segurar tua mão para que acreditasse também... me confortaria ver teus olhos brilhando novamente.  

*

But there's a side, to you, that I never knew, never knew.
All the things you say they where never true, never true,
And the games you play, you would always win, always win.
But I set fire to the rain,
Watched it pour as I touched your face,
When it burned, well I cried,
Cause I heard it screaming out your name, your name!

*

Escrever é também uma forma de sorrir ou de chorar.

*
Que o seu bastar baste ao meu amar. Não me basta um telefonema. Mas nem esse algo pequeno, que não basta, ele é capaz.

Antes sofrer que impor o que quer que seja. Antes renunciar. Vou lhe deixando rastros...
 

P.S.: Dos itálicos - 1) Time - David Bowie; 2) Set fire to the rain - Adele; 3) Caderno T - Denilson Lopes in: O homem que amava rapazes e outros ensaios. Ed. Aeroplano.

Um comentário:

  1. Então escreva, faça da escrita uma cartase...E curta a calmaria, a leveza de ser, chá, chuva e pq não, as suas dores e alegrias?
    Bj*

    ResponderExcluir