28 de set de 2010

E quando tudo parece perdido, leio Clarice ou Caio (eles me entendem melhor do que eu mesmo), aí vejo que nem tudo está perdido. E que as dores, ou, os amores, ou, as ilusões não são de todos mal. Dessa vez foi Caio:

"Os homens precisam da ilusão do amor da mesma forma como precisam da ilusão de Deus. Da ilusão do amor para não afundarem no poço horrível da solidão absoluta; da ilusão de Deus, para não se perderem no caos da desordem sem nexo."
(Os Dragões não conhecem o Paraíso - Caio Fernando Abreu)

3 comentários:

  1. Terminar essa noite lendo Caio...tocou fundo aomeu coração!
    Bjs*

    ResponderExcluir
  2. Olhe estou aos poucos conhecendo os escritos do Caio e também me apaixonando. A Clarice já faz parte de minha vida.


    abraços
    de luz e paz

    ResponderExcluir
  3. Para mim, nem o amor e nem Deus é ilusão. É mais verdade que muito humano que passa por mim na rua.

    O resto para mim é frustração.

    Um abraço!

    ResponderExcluir