27 de jul de 2016

às vezes, chorar não é o bastante
escrever poema não me basta 
desejar ser feliz, não é o suficiente 
eu solto um interjeição profunda 
ai
e me afogo em meio aos travesseiros
sonho com desertos
à beira mar
e esqueço que 
ontem foi um dia a menos 

Nenhum comentário:

Postar um comentário