30 de ago de 2013

Um poema de Ricardo Domeneck



Contra todos fui vingativo, contra meus pais,

meus irmãos, contra outros ex
e, no entanto, até o presente momento
não desejei sua morte uma única vez,
me contentei com a imaginação
do meu próprio velório, com você
contudo na sala, inconsolável.


Ricardo Domeneck

Nenhum comentário:

Postar um comentário