21 de abr de 2010

Se

Como seria bom viver em um planeta diferente, não me entendam mal, não quero me mudar pra Vênus ou Saturno, queria apenas que as coisas fossem um tanto diferentes por aqui mesmo.

Seria tão bom, se a vida fosse mais fácil, se o tempo fosse sempre como as tardes de outono ou as noites de verão, que não nos preocupássemos tanto com os problemas, que déssemos mais valor ao escasso e fugaz tempo que temos para construir uma vida.

Seria perfeito se as amizades nunca se desfizessem, os amores durassem eternamente e a paixões esfriasse sem nenhuma mágoa para qualquer um dos lados. Se as princesas não se transformassem em bruxas com o tempo e os príncipes jamais se tornassem sapos depois de beijados, para alguns ainda seria necessário que os sapos se tornassem príncipes.

Pra melhorar ainda mais, seria fantástico se toda sexta fosse um feriado, e que nas segundas - feiras todos tivéssemos o direito de ficar uma hora a mais na cama, e entrar mais tarde no trabalho, na escola, ou aonde quer que seja.

Se houvesse mais verde, mais respeito, mais gentileza entre as pessoas haveria, mais felicidade, mais educação, mais sorrisos e muito mais amor. Logo, se assim o fosse haveria menos guerra, menos rancor, menos desrespeito, menos insatisfação.

E se a realidade não fosse tão diferente da imaginação, talvez não houvesse os sonhos e os delírios loucos de quem fica sonhando com um mundo imaginado na inexistência de um provável se.

Nenhum comentário:

Postar um comentário