4 de out de 2015

sonhos de um tempo futuro

Em uma noite dessas, sonhei que nos reencontrávamos. I  estava bem, feliz, sorridente. Falávamos do tempo sem nos ver, de como as coisas mudaram. Era carnaval, a mesma época na qual I se foi. Eu estava com a fantasia posta... mascarava a dor em um sorriso, amarelo como as pedrarias. Na despedida uma senhora negra, vestida de baiana me transmitia, com um olhar, a frase com a qual me despedi: 
"quando eu der uma festa e você não for porque está muito feliz e ocupado, eu ainda assim me alegrarei, porque quando você estava mal e triste eu estava aqui e foi no meu colo que você chorou."
Eu acordei... anotei a frase no celular para não me esquecer. E depois fiquei achando que esse sonho serviria para eu entender porque você entrou na minha vida, mesmo deixando-a um caos após sua passagem.  
Voltei a dormir tranquilamente, não tenho mais jeito para insônia. O tempo me consome demais. A vida está exigindo muitas das minhas forças. Agora tenho que dedicar cem por cento de esforço, sou eu sozinho e o meu caminho. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário